LIXÃO EM MATARACA FOI SOLUCIONADO

O Prefeito Egberto Madruga neste dia 17 de junho de 2021, inaugurou a Unidade de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos de Mataraca, uma das primeiras unidades do municípios da Paraíba a aderir ao projeto do Ministério Público (MPPB), dando fim aos lixões, garantindo assim o cumprimento da Lei 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Entre as autoridades estavam o Prefeito Egberto Madruga,  Deputado Federal Gervásio Maia, Lucas Ribeiro Vice Prefeito de Campina Grande, Dr. Ana Cláudia Vital e Galego do Leite da Secretaria de Desenvolvimento do Estado, Elisete Andreoli e Itaberaba Junior representando a Sudema, Raniere Dantas promotor de Justiça do Ministério Público, Procurador do Município Eymard Pedrosa, Rodrigo Sobral Engenheiro da obra, Simone Negreiros Secretária de Meio Ambiente, Jurandi Calaciano Secretário de Obras,  Vereadores Municipais e outras autoridades.

Abaixo as fotos do antigo lixão que estava há muitos anos sendo despejado sem tratamento, reciclagem. Mas, a gestão do Prefeito Egberto Madruga abraçou a causa de solucionar esse que era um problema, para agora trazer uma melhor qualidade ambiental para a cidade de Mataraca e renda para famílias catadora de lixo do Munícipio. Agora também, com o engajamento de Simone Negreiros, Secretária de Meio Ambiente este trabalho vem sendo realizado com muito compromisso.

Simone Negreiros, secretária de Meio Ambiente, relata que foi  feito um trabalho educativo para a população ser direcionada, a cooperar com o trabalho em desenvolvimento . Diz que “todo o lixo será separado e reaproveitado de maneira lucrativa para os próprios catadores. Será uma forma de acabar definitivamente com o lixão e começar um trabalho realmente evoluído, com responsabilidades não apenas ambientais, mais humanamente falando.” Segue dizendo que “Trabalharemos com 5 pessoas inicialmente, essas pessoas moram no lixão atualmente. Plantamos 1.098,00 mudas de diferentes espécies nativas da nossa região como exemplo de mudas frutíferas: Cajueiros e mangabeiras.”

A Unidade de Triagem ganhou o nome de Carlos Antônio Nunes da Silva (in memorian), pai da Vereadora Beatriz Marinheiro Nunes.

 

Crédito das fotos: valenoticiapb.com.br./ www.mppb.mp.br/ Secretaria de Meio Ambiente

COMPARTILHAR